A natureza sugava a energia que havia dentro dela, mas, para compensar, devolvia uma força muito mais forte, que ninguém mais no mundo tinha. Por isso, ela não deixava a natureza ser morta: Era como se um pedaço dela mesma estivesse sendo morto.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s