Publicado em O que danado for

Dê adeus ao amanhecer.

adeus ao amanhecer. Ao que é pacato. Ao simples preto e branco. Dê adeus ao que é normal, simples, comum… Ao que é garantido, escolhido, aceito… Adeus aos lugares-comum, a sociedade, a moda… A tudo aquilo que não merece ser seguido, escutado, vivido. A vida é curta demais para se perder esperando o amanhecer. Vivendo sempre as mesmas coisas. Do mesmo jeito que ontem. De uma forma normal, simples, comum. A vida é curta demais para vivermos com base naquilo que é garantido, escolhido pelos outros e aceito por nós por simples medo de errar. Sem mais lugares-comum. Sem dar ouvidos a sociedade, que dita a moda e os nossos corações. Só a vida. Viver. Isso é vida.
Anúncios

Autor:

Minha profissão é mentir sobre tudo bem o suficiente para que vocês acreditem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s