Publicado em O que danado for

Esperando

       Metade da nossa vida é perdida esperando. Esperando por pessoas, por acontecimentos, pela hora certa para ir atrás do que queremos. Esperando. Muitas vezes esperando pelo momento certo para esperar (eu sei, é confuso), mas é a vida. Não tenho como reclamar.
       E agora aqui estou. Esperando por você. Ou melhor, simplesmente esperando. Por que a verdade é, eu não tenho mais o que esperar. As cartas já estão na mesa. O jogo acabou. Mas eu continuo encarando cega o rei de espada que você descartou. E lentamente, uma lágrima cai do meu rosto. Molha a mesa de madeira e eu pisco duas vezes, focando meu olhar em um ponto além da sua face de ferro.
       Dois podem jogar esse jogo.
       Lentamente, um sorriso abre-se em meu rosto. Um sorriso inocente, mas ele te desarma. E eu rio. Levanto-me, saio. Subo as escadas e olho pra você uma última vez, de cima.
       O show deve continuar.

p.s.: se alguém conseguir descobrir as três referências musicais que eu coloquei aqui, ganha um beijo.

Anúncios

Autor:

Minha profissão é mentir sobre tudo bem o suficiente para que vocês acreditem.

2 comentários em “Esperando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s