Publicado em O que danado for

Estamos parados na esquina do passado

       Não pretendia voltar atrás, porque admitir o erro cometido doía mais do que a falta que ele fazia em sua vida. Eram ambos orgulhosos, orgulhosos demais agora para verem que antes haviam sido jovens demais, e que os erros não eram erros. Não se permitiam pensar naqueles momentos agridoces que compartilharam, mas mesmo assim era a eles que recorriam quando precisavam de conforto.
       Não podia voltar atrás, estava presa ao passado. Às velhas fotografias em preto e branco, ao som da gargalhada dele, ao cheiro do pão quentinho, a alguma velha música que agora trazia nostalgia e que eles escutavam tanto naqueles dias. Não podia voltar atrás, mas dizer que queria seria eufemismo.

Anúncios

Autor:

Minha profissão é mentir sobre tudo bem o suficiente para que vocês acreditem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s