Publicado em Contos, O que danado for

Minha carta de despedida

Fonte: Tumblr
Fonte: Tumblr

Eu espero que você nunca se sinta assim.

Eu espero que seus cabelos cresçam e você desconheça a compulsão de prendê-los porque alguém acha que eles ocultam seu rosto.

Eu espero que você receba um sorriso da face que te olha no espelho sem que os olhos daquela menina te assustem.

Eu espero que você nunca precise mendigar elogios porque não consegue dizê-los a si mesma.

Espero mais, espero que você nunca saiba da dor de deixar de fazer o que quer para receber elogios dos que não são você, e não compreendem suas escolhas.

Espero que ele te ligue pra te desejar boa noite e seu coração dance.

Mas espero que se ele não ligar, você vá dormir com aqueles amigos imaginários que não te abandonam desde criança. Eles nunca pediram nada em troca, só querem te amar incondicionalmente.

Espero que você nunca tenha de perceber que eles são criações da sua mente, a única forma de fazer você se amar: sem que você perceba quem é que está te dando esse amor.

Espero que você nunca os coloque em um armário empoeirado num gesto desesperado de ódio a si mesma.

Espero que você nunca escreve cartas de despedidas definitivas.

Espero que você não tenha coragem de puxar o gatilho.

Espero que você não precise esperar que sua irmã mais nova seja mais feliz que você.

Espero que você saiba que eu te amo.

Espero que você acredite, apesar de meu amor por você não ser suficiente para vencer meu ódio pela minha maior inimiga.

Eu espero que sua maior inimiga não seja você mesma.

 

Anúncios

Autor:

Minha profissão é mentir sobre tudo bem o suficiente para que vocês acreditem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s