Saudades

tumblr_m4v4b583Dy1qmk6bio1_500

Eu não gostava de você

Mas passar esse tempo todo sem te ver
Fez meu coração se aquecer
E agora já não sei mais te perder
sem acabar por me esquecer
Ajude-me então a resolver
Tudo o que eu tenho de fazer
Enquanto não paro de crescer.
Devo aproveitar enquanto meu coração não para de bater.
Devo aproveitar enquanto minhas pernas ainda conseguem correr.
Devo aproveitar enquanto ainda não tenho de morrer.

Turistas

large-47

Li certa vez um artigo na aula de francês que dizia, em um determinando momento, que “turistas são os outros”.  Houve uma breve discussão na aula sobre a definição de “outro”, ao que todo mundo prontamente concordou que se tratava daquele que vinha de outro país, de outro estado, as vezes até de outra cidade. Seguindo aquela linha lógica, poderíamos chegar até o que minha mente automaticamente entendeu ao ler essa frase: o outro é aquele que vem de outro bairro, outra rua, outra casa, outra cama… O outro é outra pessoa que não eu.

Talvez por isso seja tão difícil entender os outros. Nós os olhamos como se fossem nós mesmos, como se eles fossem capazes de compreender tudo o que somos, fomos e fazemos simplesmente porque são humanos. Mas e se olhássemos como olhamos outros países? Países radicalmente diferente dos nossos? Ou simplesmente como habitantes desse país radicalmente diferente do nosso? Chineses, coreanos, egípcios, libaneses? Poderíamos então perdoar suas atitudes diferentes? Aquelas que não entendemos, e por isso julgamos?

Talvez.

Talvez.

Mas talvez seja romântico da minha parte acreditar que, ao atribuir ao outro o título de estrangeiro, fossemos todos mais tolerantes. Não é isso que a realidade nos mostra. Somos tão rápidos em julgar aquele de uma nação vizinha quanto aquele da casa ao lado, mas por quê? Simplesmente porque o outro não sou eu?

E se percebêssemos que, por mais que aqui no nosso país, falemos o português, não falamos a mesma língua?

Eu falo “eu te amo” pra todo mundo por quem sinto forte admiração, em quem encontro prazer na companhia. Muitos me consideram estranha.

Meu pai não entende o que é crush, apesar de todos na minha faculdade saberem o que significa (um coração desesperado), apesar de todas as vezes que já o disse que era quando um coração acelera em direção ao outro que se mantém parado, tornando inevitável o confronto.

Minha melhor amiga, que mora no sul há mais de dez anos, gosta muito de me chamar de guria e de dizer que me acha “querida”. Guria é menina aqui no nordeste, “boy” aqui em Natal, mas querida não é a mesma coisa? Não. Pelo que entendo, onde ela mora se usa “querida” pra falar de uma pessoa que é muito amada, muito admirada, enquanto por aqui o pessoal só usa como vocativo.

E ainda tem mais essa – eu adoro chamar aqueles que gosto de querido ou querida, mas pra muitos conhecidos essa palavra significa uma afastamento, um certo desprezo e condescendência. Como pode que uma mesma palavra tenha um significado tão diverso pra pessoas que se criaram do mesmo jeito, no mesmo lugar que eu?

O tempo, talvez, que insiste em mudar as palavras, as pessoas e os lugares. Mas eu reitero que a explicação é ainda mais interessante: somos todos turistas nas vidas alheias, estranhos para aqueles que não são nós mesmos, mesmo que compartilhemos genes ou cultura.

Os outros falam uma língua diferente da minha. Os outros têm hábitos peculiares, crenças estranhas, gostos excêntricos. Os outros me julgam e eu os julgo, e ao permitirem que eu adentre o território da sua existência eu sou inevitavelmente mudada, influenciada pra melhor ou pior pelo que aprendo em campo alheio.

Os países são reflexos de seus cidadãos.

Quem faz de nós o que somos são os turistas.

Somos todos turistas na vida dos outros.

 

LINKS DA SEMANA – I NEVER THOUGHT I’D DIE ALONE, I LAUGHED THE LOUDEST, WHO’D HAVE KNOWN?

Minha turma do nono ano, em 2014, na Escola Doméstica... Saudades!
Minha turma do nono ano, em 2014, na Escola Doméstica… Saudades!

Tá na hora dos links da semana! Oito sites pra vocês se divertirem…

  1. Seis Coisas Terrivelmente Trágicas que Você não Sabia Sobre Marilyn Monroe – Link em inglês. Achei incrivelmente interessante entender um pouco mais uma das mulheres mais conhecidas do mundo. Passei minha vida inteira não gostando muito dela porque não conseguia me identificar com nada da deusa loira, mas após esse artigo, tudo mudou.
  2. Playlist: Músicas censuradas Durante a Ditadura Militar – Pessoalmente eu amo essa playlist da Capricho porque junta duas coisas que eu absolutamente amo: música e história!
  3. Os 100 Melhores Produtos de Beleza Para Cabelo – Lista da Capricho!
  4. 19 Coisas Para Procurar em um Parceiro que não têm Nada a ver com Sexo ou Aparência – link em inglês do Thought Catalog.
  5. Toda Escolha é a Escolha Errada, Então Faça Logo o que Você ama – “Here is what I know for sure: You’re going to regret every choice that you make.”
  6. 46 of the Most Beautiful Literary Passages According to Reddit

Crítica de Filme – Bling Ring: a Gangue de Hollywood

Sofia Coppola capturou com precisão e poesia a visão dos fatos que nós conhecemos.

     Há muito tempo eu não escrevia uma crítica pra esse blog! A última de filme que eu escrevi foi de “Os Vingadores: a era de Ultron”! Hoje resolvi falar sobre esse filme que assisti ontem, da diretora estadunidense Sofia Coppola.

       “The Bling Ring”, seu título original, estreou nos cinemas dos EUA em 14 de junho de 2013, três anos após os criminosos originais serem julgados e detidos. Sim, tudo aquilo aconteceu de verdade. O filme é “baseado numa história real”, mas quase beira à um documentário artístico, pois é praticamente 100% fiel ao artigo de Nancy jo Sales “The Suspect Wore Louboutins”, que ela escreveu pra revista Vanity Fair após longas conversas com a maioria dos culpados, seus pais e representantes legais, além de amigos pessoais. O processo todo é documentado no livro com o mesmo nome do filme, que eu também li.

       O filme é estrelado por Katie Chang, Israel Broussard e Emma Watson. Tirando a atriz de Harry Potter, o resto do elenco não é exatamente conhecido, “Criando Asas” e “O Primeiro Amor” sendo os filmes mais famosos dos outros dois, respectivamente. Mas isso não significa dizer que eles não são bons! Muito pelo contrário, de fato. Chang e Broussard desempenham papeis difíceis com maestria, principalmente se você considerar os maneirismos dos seus personagens originais. Watson aparentemente  trabalhou com um profissional em sotaques para conseguir falar como uma típica garota americana do Valley, e a missão foi bem sucedida. Ela está irreconhecível como Nicki, uma menina que se esconde atrás de falsos preceitos espirituais enquanto luta pela fama, e se envolve com drogas e roubos de celebridade no caminho.

       Outra surpresa pra mim nesse filme foi Taissa Farmiga no papel de Sam, a melhor amiga (praticamente irmã) de Nicki, embora deva admitir que nada supere seu papel em American Horror Story, principalmente considerando que sua personagem nesse filme é facilmente esquecível.

       Embora as críticas não tenham sido desfavoráveis, o público não se conectou muito bem ao filme. Talvez porque a mensagem que Coppola quis passar atingia muito pessoalmente a maior parte da audiência, que assistiu ao filme tão-somente para ver Emma Watson em um papel diferente de Hermione? O culto à fama pode se manifestar de muitas maneiras diferentes, e o extremo é o que vemos nesse filme. Como Cath Clarke falou em sua resenha desse filme, a história toda soaria absurda – se não fosse a verdade.

       Tendo lido o livro, posso dizer que a versão dos fatos contados por Nancy Jo Sales não difere em quase nada do que vemos na tela, e resta-nos apenas desejar que talvez a história tivesse desenvolvido um pouco mais os personagens, mesmo que fosse separa-los dos adolescentes reais que se encontram, ou se encontraram pagando pelos crimes que cometeram.

Favoritos de 2015 e TOP 10 Livros e Filmes

Melhor livro que eu li em 2015
Melhor livro que eu li em 2015

Estou de volta ao Youtube com um vídeo muito especial, onde resolvi contar os meus favoritos de 2015: vídeo que postei ano passado (que infelizmente não foram muitos), aplicativo, filme, seriado… Quem quiser assistir, aproveita e comenta lá qual foi o seu instagram preferido do ano, tô precisando seguir novos!

Além disso, resolvi finalmente criar vergonha na cara e criar uma página aqui no blog com os meus top livros e filmes preferidos DA VIDA. Quando eu ainda tinha blogspot, eu sempre estava atualizando essa página, mas quando mudei para cá acabei ficando com preguiça… Agora em janeiro resolvi reabrir e já coloquei lá os meus favoritos atuais, mas estarei sempre atualizando. Pretendo colocar top 10 álbuns também! Pra conferir, é só clicar aqui.

E é isso galera, espero que vocês gostem!

Bárbara

LINKS DA SEMANA – “I Will Wait”, Mumford & Sons #np

74247_10151125586165841_1655424339_n

Sejam bem vindos de volta a mais uma edição de links da semana! Dessa vez, volto com cinco sites pra animar as suas férias e te tirar do tédio!

Eel Slap – sempre quis bater na cara de um desconhecido com uma enguia?! Essa é sua oportunidade!

Astrolink – na onda dos signos que dominou 2015, que tal aprender um pouco mais sobre si mesmo hoje? É só se cadastrar e o site te dá o melhor perfil que encontrei até agora nas minhas “pesquisas”.

As 36 perguntas que levam ao amor – reportagem em inglês do The New York Times, a ideia é que, se você engajar numa conversa com um desconhecido e responderem essas perguntas, vocês ficarão apaixonados. Parece mágica, né? Que tal testar e me contar aqui embaixo se funcionou?!

75 das melhores coisas para pensar a respeito quando você estiver tendo um dia ruim – o título é bem auto-explicativo!

9 Sinais de que o Congresso foi à loucura em 2015 – desculpem, mas ainda não superei o circo que está a situação política do Brasil, e eu tô bem num humor “vamos rir pra não chorar”.

E é isso, galera! Espero que vocês gostem! Me contem aqui embaixo qual foi o seu link preferido!

Bárbara

Um resposta às minhas próprias perguntas (que seja eterno enquanto dure).

tumblr_m6ihhnDmFw1qirwejo1_500

Mas e se…
O amor existisse com a certeza de ser sempre eterno?
E se o eterno não assustasse?
E se o medo não mais fosse o principal obstáculo?
E se os obstáculos fossem todos invenções?
E se todas as invenções fossem reais?
E se o que fosse real fosse bom?
E se o que é bom não viesse a tanto custo?
E se o custo da felicidade fosse apenas um sorriso?
E se com um sorriso eu pudesse ganhar o mundo?
E se o mundo todo se amasse?

Talvez a vida não fosse a mesma.
Talvez a vida fosse sem graça.
Talvez o infinito seja o agora, esse momento
Eterno na minha memória
Real na nossa história
Perfeito como o nosso amor.

Minha carta de desculpas (e de despedida)

tumblr_m92bkpYnsu1qghwxto1_500

Àqueles cuja inocência escapou…

Perdão.

Perdão por não ter podido estar presente quando eles te alcançaram, com as mãos gélidas, e roubaram-te do mais confortável dos berços.

Perdoem-me por ter virado a cara quando vocês gritaram, pedindo ajuda. Meu fraco coração não conseguiria aguentar.

Perdão por ter dito onde vocês estavam. Vocês podem não entender agora, mas todos passam por isso. Não tinha como vocês escaparem.

Perdoem-me por não ter ouvido suas reclamações. Ainda lembro perfeitamente das minhas. Não é justo que logo agora que aprendi a ficar bem com isso, tenha que me sentir mal de novo.

Mas francamente

Vocês realmente acreditaram que conseguiriam viver sem ter de crescer?

Músicas pra você ouvir essa semana #1

Não é segredo nenhum que eu amo música. Ouço todos os dias, todo momento que posso. E nessa seca de idéias que estou, sem conseguir pensar em nada pra escrever no blog, resolvi recomendar algumas das minhas músicas preferidas desses últimos tempos.

Veja bem, não é uma playlist. A única coisa que todas essas músicas tem em comum é o meu amor por elas. E a completa ausência de critério de escolha me impede de chama-la de uma “playlist da semana” ou do mês, já que não necessariamente são músicas que eu ouvi bastante nesses tempos (por falar nisso, estou com planos de fazer uma playlist das músicas que eu mais ouvi em outubro, espero que dê certo).

Sem mais delongas, essas são as nove músicas que eu te recomendo essa semana!

1. Tô na Vida – Ana Cañas

2. Counting Stars – OneRepublic

3. Home – Glee Version, sang by Kristin Chenoweth

4. Centuries – Fall Out Boy

5. Tenerife Sea – Ed Sheeran

6. I Won’t Give up – Jason Mraz

7. BANG BANG BANG – BIGBANG

8. Fuel to the Fire – The Maine

9. Can’t Feel my Face – The Weeknd

 

LINKS DA SEMANA – I JUST WANNA LOOK GOOD FOR YOU #np

Halloween tá chegando! <3
Halloween tá chegando! ❤

Mais uma lista de links pra vocês conferirem durante esse final de semana!

Link #1: 26 Penteados “Faça Você Mesmo” que vão fazer você se sentir uma princesa! – Lista do Buzzfeed pra vocês que, como eu, não têm nenhuma criatividade na hora de arrumar o cabelo! Ainda não testei nenhum penteado, mas pelo que vi são todos simples de fazer, mesmo. Se fizerem algum (inclusive quem for se fantasiar de princesa pro Halloween!) mande fotos!

Link #2: Listen to Harry Potter sounds – Descobri esse mixer de ambientes no canal do Thomas Frank  – também super recomendo – e vêm sendo o meu site preferido da semana. Ele mesmo recomendou os da Ravenclaw pra ouvir enquanto estuda, mas vai de cada um. Eu gostei bastante dos da Sonserina, na verdade. E pra quem fuçar um pouco mais o site, também existem mixes de Supernatural, Doctor Who e mesmo Star Wars! Super legal!

Link #3: Recreational Witchcraft – Para as curiosas sobre a Wicca, descobri esse Tumblr incrível com um monte de dicas pra quem pratica/quer praticar! Vale a pena dar uma olhada.

Link #4: Este bebê foca com olhos enormes vai deixar você apaixonado – Fofura do dia, via Buzzfeed. Deu-me vontade de adotar uma foca.

Link #5: PEC do Trabalho Escravo – Que o combate ao trabalho análogo à escravidão é a causa da minha vida todos sabem, acho. Nunca fui muito de esconder o que amo, hahaha Atualmente estou escrevendo um artigo científico sobre o tema, e esbarrei nesse site do Repórter Brasil, cheio de notícias e artigos. Pra quem se interessar pelo assunto, é um prato cheio!

        Link #6: Bedtime calculator – Para os amantes de uma boa noite de sono (como eu!) esse site calcula que horas você deve ir dormir com base na hora em que você quer acordar, para que você não interrompa nenhum ciclo e acorde com muito sono. O contrário também pode ser feito, pra quem sabe a hora que vai dormir mas quer saber qual a melhor hora pra acordar!

E é isso, galera! Comenta aqui embaixo qual foi o seu link preferido da semana pra eu dar uma olhada (e não esqueça de me dizer se a calculadora funcionou pra você! Hahaha).