Uma canção de amor

Eu só acho que eu e você fomos feitos pra durar. E pra ser completamente honesta, sobre aquilo que os outros dizem, Eu não sou de me importar. Joguem fora os velhos poemas de amor Pendure o novo vestido de festa na janela. Nós nunca precisaremos de motivos para celebrar. A vida já é bela, […]

Leia mais Uma canção de amor

Saudades

Eu não gostava de você Mas passar esse tempo todo sem te ver Fez meu coração se aquecer E agora já não sei mais te perder sem acabar por me esquecer Ajude-me então a resolver Tudo o que eu tenho de fazer Enquanto não paro de crescer. Devo aproveitar enquanto meu coração não para de bater. […]

Leia mais Saudades

Minha carta de desculpas (e de despedida)

Àqueles cuja inocência escapou… Perdão. Perdão por não ter podido estar presente quando eles te alcançaram, com as mãos gélidas, e roubaram-te do mais confortável dos berços. Perdoem-me por ter virado a cara quando vocês gritaram, pedindo ajuda. Meu fraco coração não conseguiria aguentar. Perdão por ter dito onde vocês estavam. Vocês podem não entender […]

Leia mais Minha carta de desculpas (e de despedida)

Aqui, nessa mesa de bar…

Se eu andar sempre na contramão Talvez, uma hora, não haja mais chão Pra eu andar. E não seria maravilhoso? Caminhar totalmente sozinho? Sem falsos compreensivos a me importunar? Queira Deus, e Hades e Krishna, que esse dia chegue antes que meus olhos fechem e meu coração, se canse de cantar Porque, veja bem, minha […]

Leia mais Aqui, nessa mesa de bar…

Não pode usar salto alto

Tire os seus sapatos antes de entrar em casa. Não quero sujeira no carpete. É novo. O outro estava sujo. E eu não nasci pra ser empregada de ninguém. Tire seu casaco. Não há ventania aqui dentro. Não precisa se proteger dentro da sua própria casa. Mas deixe-o perto da porta. Não saia sem ele, […]

Leia mais Não pode usar salto alto

Não posso esperar.

Eu disse que precisava escrever. Ela disse que eu podia esperar. Foi quando eu percebi que ela não sabia sonhar. Foi quando eu percebi que ela não me conhecia. Foi quando eu percebi que ela não entendia a dor de precisar compartilhar o ardor das minhas feridas O sangue dos meus cortes As lágrimas dos […]

Leia mais Não posso esperar.

Sou a estrela.

  Viva! Hoje é dia de alegria! Pelo menos pra você. Um dia eu chego lá e saberei comemorar que você soube me esquecer. Alegria, alegria é a palavra do dia e eu repito esse mantra continuamente. Ao meu redor, todos comemoram Seus braços ocupados em abraços dos quais eu não estou participando. Não me […]

Leia mais Sou a estrela.

Ninguém nos fará crer

Poema em homenagem a Lucas Ninguém nos fará crer Em alfabetos perfeitos que soletram rimas de amor eterno pra alguém que não acredita no felizes para sempre. Ninguém nos fará crer nas preces suspiradas em camas desarrumadas na calada da noite quando já não há mais fé nem esperança Ninguém nos fará crer em mundos […]

Leia mais Ninguém nos fará crer