Fale agora ou cale-se para sempre

Eu não tenho responsabilidade pelo que você não disse Não cabe a mim esquecer o que de fato você falou E nesse mar de silêncios cheio de significados O escolhido não foi você que pescou   Agora aceite que não há mais como mudar O que passou, passou e não ficou Talvez em alguns anosContinuar lendo “Fale agora ou cale-se para sempre”

Aqui, nessa mesa de bar…

Se eu andar sempre na contramão Talvez, uma hora, não haja mais chão Pra eu andar. E não seria maravilhoso? Caminhar totalmente sozinho? Sem falsos compreensivos a me importunar? Queira Deus, e Hades e Krishna, que esse dia chegue antes que meus olhos fechem e meu coração, se canse de cantar Porque, veja bem, minhaContinuar lendo “Aqui, nessa mesa de bar…”

Mantra do dia: “Eu não sou mais criança”

Eu não sou mais criança Por mais que ainda goste da Turma da Mônica E de brincar de faz de conta Eu não sou mais inocente Eu não mais criança E não acredito mais em contos de fada Não uso mais a tabuada Eu não sei mais fugir da minha mente Eu não sou maisContinuar lendo “Mantra do dia: “Eu não sou mais criança””

A luz do meu quarto está acesa na madrugada…

A noite me entende. Ela oculta os meus segredos, consola a minha dor. Enxuga as minhas lágrimas. Ama-me, quando não sei mais o que é amor. As estrelas são velhas amigas. Conhecem a minha história, conversam comigo. Porque no fim do dia, sou só eu. E o resto do mundo, alegria.

Soneto de um amor platônico

Essa semana fiz uma limpeza nos papeis que guardava a muito tempo numa caixa no fundo do meu armário, e qual não foi a minha surpresa em encontrar textos há muito esquecidos e que mereciam serem postados aqui. Esse abaixo é o primeiro que achei que valia a pena postar, um soneto para alguém por quemContinuar lendo “Soneto de um amor platônico”

Canção pra você (não) ouvir

  Eu acho que não queria te ofender. Digo que acho, porque realmente tenho certeza de poucas coisas na minha vida. Tenho certeza que vivi. Tenho certeza de que morrerei. E tenho certeza de que em algum momento, me apaixonei por você. Sei que pensas que não é verdade. Sei que tomas-me por mentiroso. Mas,Continuar lendo “Canção pra você (não) ouvir”